loader image

Governo Amplia Prazos Para Atualização Do CadÚnico

O Ministério da Cidadania decidiu prorrogar os prazos de atualização de dados no Cadastro Único (CadÚnico). Como sabemos, esse cadastro fornece dados para o banco de onde saem os contemplados de programas sociais do governo federal. Entre eles está o Auxílio Brasil. que com a aprovação da PEC Eleitoral terá seu valor aumentado para R$600 até dezembro de 2022.

Conforme divulgado, o governo planeja a inclusão, a partir de agosto, de cerca de 2 milhões de famílias no programa Auxílio Brasil. Novamente, isso se deve à promulgação da PEC Kamikaze ou PEC Eleitoral. A proposta, que prolonga o estado de emergência no país, turbinou uma série de benefícios sociais às vésperas da eleição.

Com o aumento, o número de famílias contempladas pelo programa social pode subir. Com efeito, acredita-se que possa chegar a um patamar próximo de 20,15 milhões.

Mais de 28 mil moradores de Campinas ainda precisam atualizar o CadÚnico - CBN Campinas 99,1 FM
Crédito: CBN Campinas

O texto estabelece o início do pagamento do benefício da parcela adicional de R$ 200 a partir do dia 1.º de agosto. Uma folha extra em julho, portanto, não poderá ser rodada como esperavam aliados do governo.

Até o momento, o Ministério da Cidadania trabalha com as datas do cronograma habitual de início de pagamento do Auxílio Brasil. Assim sendo, em agosto, eles devem começar a partir do dia 18. A avaliação entre os técnicos é de que não será vantajoso rodar uma folha extra. Isso poderia gerar um custo adicional para pagar o Auxílio Brasil turbinado.

Isso faltando poucos dias da data do cronograma oficial. Cabe lembrar que o cronograma do Auxílio Brasil, basicamente, segue o do Bolsa Família. Além disso, a medida teria dificuldade de ser justificada aos órgãos de controle. As dificuldades, nesse sentido, podem até mesmo ser maiores devido à natureza da PEC Eleitoral.

Revisão do CadÚnico: novo prazo

Sem a correção de eventuais inconsistências no CadÚnico, famílias poderão sofrer bloqueio de benefícios. Além disso, a depender do caso, perdem até acesso a certos programas sociais. Assim sendo, a instrução normativa publicada no Diário Oficial da União (DOU) estabelece que os beneficiários passam por processo de revisão cadastral.

O prazo de revisão cadastral que terminava em 15/07, agora, vai até 14 de outubro. Para as famílias que passam por averiguação cadastral, o prazo foi reaberto até 12 de agosto.

Revisão a cada dois anos

A revisão cadastral consiste em solicitar à família a atualização dos registros. Vale lembrar que é obrigatória a atualização dos dados do CadÚnico a cada dois anos.  É preciso confirmar que não houve mudanças no perfil familiar. Ou ainda deve ser apresentados dados  que informem mudanças como de renda, situação de trabalho, endereço ou composição familiar.

A averiguação cadastral cruza os dados do CadÚnico com outros registros administrativos federais. Se identificadas inconsistências, a família deve comprovar que segue cumprindo os critérios do Auxílio Brasil. Caso contrário, pode perder benefícios.

Programas Sociais BR Programas Sociais BR Stories
Pesquise Artigos

Leia Estes ...

Cursos Gratuitos Prefeitura De BH PBH

Cursos Gratuitos Abertos Da Prefeitura De BH EAD Ou Presencial PBH

A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da plataforma EAD PBH, oferece uma série de …

Prefeitura De Duque De Caxias RJ

Fazer Inscrição e Acompanhar Programa Habitacional Em Duque De Caxias RJ

Duque de Caxias, localizada no estado do Rio de Janeiro, é uma cidade que conta …

Fies Social Pelo Governo e MEC Divulga Veja Detalhes

Fies Social é Lançado Pelo Governo e MEC Divulga Detalhes

O Governo Federal lançou, por meio de uma resolução publicada nesta sexta-feira 16/02, o programa …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *