Rio De Janeiro Retoma Programa Renda Melhor Jovem

O Governo Estadual do Rio retomou o programa Renda Melhor Jovem. O programa, criado pelo governo fluminense, é voltado a estudantes em condições de vulnerabilidade social e matriculados na rede estadual. Assim, a ação oferece um benefício em dinheiro a cada estudante, vinculada a uma aprovação no ensino médio.

Por exemplo, depois de confirmar a aprovação no 1º ano do ensino médio, o/a estudante recebe R$ 700. Com efeito, o valor sobe para R$ 900 quando passa do 2º ano. Finalmente, o valor chega a mil reais na conclusão do 3º ano.

Para receber esses valores pelo programa Renda Melhor Jovem é preciso ter menos de 18 anos. Além disso, é preciso ter matrícula na rede estadual do Rio de Janeiro. É fundamental ainda apresentar condição de extrema pobreza e a família do jovem estar inscrita no Cadastro Único, Bolsa Família ou SuperaRJ.

Cumpridas essas condições, o/a estudante deverá, durante três anos, conseguir a aprovação em cada série do Ensino Médio. Como dissemos acima, os valores são pagos condicionados a essa aprovação nesse nível de ensino.

Objetivos do Renda Melhor Jovem

De acordo com o governo fluminense, o objetivo do Renda Melhor Jovem é contribuir para o aumento da taxa de alunos que concluam o ensino médio regular, integrado ou técnico e profissional. Isso sobretudo para pessoas em vulnerabilidade social.

Há ainda alguns objetivos específicos do Programa Renda Melhor Jovem. Entre eles, estão dar apoio qualificado e acompanhamento contínuo a jovens para o fortalecimento de habilidades socioemocionais. Além disso, oferecerá suporte para a elaboração e implantação do seu projeto de vida, por meio de tutoria individual ou em grupo.

No conjunto, o programa visa promover acesso à qualificação profissional visando o desenvolvimento de competências técnicas. Dessa forma, o programa promete oferecer possibilidades maiores de acesso ao mundo do trabalho por jovens, além do desenvolvimento de seu projeto de vida.

Atividades complementares

Estudantes que participam do programa Renda Melhor Jovem terão acesso a atividades complementares à educação básica. Elas serão realizadas no contraturno das atividades pedagógicas escolares regulares do Ensino Médio.

Nessas atividades, haverá ações com base nas matrizes de desenvolvimento humano, capacitação profissional e empreendedorismo. Será dessa maneira que o programa irá realizar as formações complementares propostas no programa.

Por fim, jovens matriculados no 1° ano do Ensino Médio passarão por um ciclo de três anos no Renda Melhor Jovem. Já os/as do 2° ano terão dois anos, e por último, os do 3° ano com apenas um ano.

Informações gerais sobre o programa podem ser lidas nos links abaixo.

Maiores informações, entre elas saber se é elegível ao programa, podem ser obtidas nos seguintes canais:

Programas Sociais BR
Pesquise Artigos

Leia Estes ...

Programa Mãe Cotiana Tem Inscrições Abertas

A Prefeitura de Cotia, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, está com inscrições abertas …

Imperatriz Promove Programa Para Troca De Geladeiras

Na última sexta-feira (28/06), na cidade de foi lançado um importante programa de sustentabilidade. Ele …

Pela Prefeitura De São Paulo Cadastro Programa Habitacional Cohab e CDHU Gov SP

Acompanhe pelos links da Prefeitura de São Paulo o cadastro e recadastramento dos interessados no programa …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *