Governo Anuncia Busca Ativa No Bolsa Família. Entenda

O ministro do Desenvolvimento Social, Wellington Dias, anunciou o programa Busca Ativa para o Bolsa Família. Essa iniciativa atualizará o cadastro dos beneficiários e beneficiárias do principal programa de assistência social do governo. Como sabemos, ele será retomado pelo governo Lula.

O anúncio foi feito em vídeo publicado no canal do Partido dos Trabalhadores (PT) na 5ª feira (12/01) e foi repostado neste domingo (15/01).

Segundo Dias, a iniciativa foi autorizada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A busca ativa será realizada em parceria com Estados e municípios por meio de repasse de recursos para viabilizar a operação. A integração visa retomar a pactuação com “com a rede da assistência social, todo o Sistema Único da Assistência Social, CRAS [Centro de Referência de Assistência Social] e Creas [Centro de Referência Especializado de Assistência Social]”.

“Trazer quem precisa”

A atualização tem como objetivo “trazer quem precisa” para a lista de beneficiários, segundo Dias. O ministro afirma que “são pessoas que em todas as regiões do Brasil têm o direito ao Bolsa Família, mas ficaram de fora”. Uma das preocupações, segundo o governo, é também combater as fraudes no programa.

Várias denúncias apontam que o programa social foi usado de forma eleitoreira. Seu aumento temporário e inclusão de pessoas sem critérios serviria para que o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) aumentasse o número de votos. Há ainda as chamadas famílias unipessoais. Elas compostas por uma única pessoa e, entre esse grupo, acredita-se que há um número mais expressivo de fraudes.

Combate de fraudes

A ideia de se combater fraudes também visa incluir um maior número de famílias no programa. Dessa forma, dados do CadÚnico de milhões de pessoas deverão ser revisados. É possível que várias famílias precisem ser convocadas para prestar informações.

Poderão ser convocadas pessoas nas situações abaixo:

  • Estão com os dados desatualizados no Cadastro Único há pelo menos dois anos;
  • Fazem parte de famílias unipessoais;
  • Ultrapassaram o limite de renda permitido para acesso ao programa (R$ 210 por pessoa)

Quem receber notificação para o pente-fino, mas não se apresentar para justificar ou atualizar os dados, corre o risco de perder o Bolsa Família. Poderá, assim, ter o seu benefício cessado até que todas as informações seja atualizadas.

“A previsão é que a gente possa já em fevereiro trabalhar as condições de, ao mesmo tempo, atualizar o cadastro e já ali estar também trabalhando o Novo Bolsa Família. Em fevereiro tem essa nova reformulação e a partir do mês de março, o pagamento já acrescido dos 150 reais por criança até 6 anos”, disse Dias.

Programas Sociais BR Programas Sociais BR Stories
Pesquise Artigos

Leia Estes ...

Calendário Bolsa Família de 2024

Veja O Calendário Do Bolsa Família 2024 Para Saber Os Pagamentos

Confira o Calendário 2024 e fique por dentro dos pagamentos do Programa Bolsa Família, caso você …

Disque Social 121 Governo Federal

Disque Social 121 Como Funciona Novo Atendimento a Programas Sociais

O MDS (Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome) lançou o …

App Auxílio Brasil Oficial

Dados Vazados Do Auxílio Brasil Dão Direito A Indenização

Devido ao vazamento de dados de quase 4 milhões de famílias que recebiam o Auxílio …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *