Auxílio Brasil Jovem: Quem Tem Direito E Como Obter?

Como sabemos, o Auxílio Brasil têm vários programas acessórios que oferece benefícios para situações específicas. Existe um que é voltado a crianças e adolescentes de famílias de baixa renda, com cadastro no CadÚnico (Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal). Trata-se do Auxílio Brasil Jovem.

Aqui, explicamos o que fazer para receber esse benefício e quem tem direito a ele.

Créditos: Governo Federal

A princípio, qualquer família com crianças ou adolescentes e que esteja no CadÚnico pode receber o Auxílio Brasil Jovem. A concessão do benefício é atrelada a fatores como desempenho escolar, esportivo em outras áreas. O foco principal desse benefício é incentivar atividades esportivas e científicas entre jovens de baixa renda.

Como participar?

Não é preciso fazer qualquer tipo de inscrição. Para participar, basta fazer a inscrição no CadÚnico e mantê-la atualizada. Aqui explicamos como fazer isso, via internet ou presencialmente, nos CRAS (Centro de Referência em Assistência Social).

Famílias classificadas em situação de pobreza ou extrema pobreza, no CadÚnico, podem receber o Auxílio Brasil.

Para famílias que já recebem Auxílio Brasil, automaticamente já há participação no Auxílio Brasil Jovem. Por exemplo, se um jovem de uma família que recebe o benefício conseguir algum prêmio em competição esportiva ou de iniciação científica, automaticamente já começa a receber pelo programa. Caso isso não aconteça, é preciso procurar o CRAS mais próximo e solicitar o pagamento.

Abaixo, explicamos todas as modalidades do Auxílio Brasil Jovem.

Auxílio Esporte Escolar

Já explicamos aqui como funciona o Auxílio Esporte Escolar. Essa categoria engloba estudantes de 12 a 17 anos que sejam destaques nos jogos escolares brasileiros. Os valores são voltados a jovens cujas famílias recebam o Auxílio Brasil.

O(a) jovem recebe 12 parcelas mensais de R$ 100 e uma parcela única no valor de R$ 1.000 por família.

Bolsa de Iniciação Científica Jr.

Essa categoria contempla jovens que se destacam em competições acadêmicas e científicas nacionais. Nessa modalidade, o benefício também é de 12 parcelas de R$ 100 a cada mês e uma parcela única de R$ 1.000 por família.

Auxílio Criança Cidadã

Essa modalidade é paga para garantir que as crianças tenham acesso à creche que oferece educação infantil em tempo integral ou parcial. Trata-se de categoria paga diretamente para a instituição educacional.

São R$ 200 por mês para crianças em turno parcial ou R$ 300 ao mês em turno integral. Para ter direito, as famílias beneficiárias do Auxílio Brasil devem comprovar que não há creches públicas ou privadas conveniadas na região em que possuem residência.

A criança deve frequentar ao menos 60% dos dias de creche no mês.

Auxílio Inclusão Produtiva

Essa categoria se divide nas modalidades Urbana e Rural.

A Rural é paga para famílias que possuem agricultores(s) familiares. Não é permitido o pagamento de mais de um auxílio por pessoa e por família. Cada grupo familiar pode receber R$ 200 mensais.

Já a Urbana é para famílias que comprovem vínculo de emprego com carteira assinada. Elas também recebem R$ 200 mensais.

Programas Sociais BR Programas Sociais BR Stories
Pesquise Artigos

Leia Estes ...

Enchente No Rio Grande Do Sul Liberado O FGTS

Como Ajudar As Vítimas Das Enchentes Do Rio Grande Do Sul?

Como ajudar as vítimas das chuvas do Rio Grande do Sul? Depois das chuvas ocorridas …

Enchente No Rio Grande Do Sul Liberado O FGTS

Governo Do RS Recria Auxílio Para Vítimas Das Chuvas

O governo do estado do Rio Grande do Sul detalhou, o Programa Volta Por Cima …

Bolsa Atleta Potiguar RN

Bolsa Atleta Potiguar Abre Inscrições No Rio Grande Do Norte

O programa Bolsa Atleta Potiguar passou a receber inscrições em sua primeira edição, em 2024. …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *