Vacina Contra a Dengue Entra Em Fase Final De Estudos

Vacina da Dengue Em Fase Final de EstudosO Instituto Butantan divulgou na última sexta-feira (19) novas informações sobre o desenvolvimento da Vacina Contra a Dengue. Esse novo imunizante vem sendo estudado pelo mencionado centro de pesquisa desde 2009. Naquele ano, cientistas iniciaram a busca por uma vacina capaz de proteger contra casos de arboviroses.

A ideia é produzir vacinas que imunizem a população contra doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti. A vacina será tetravalente e protegerá contra todos os quatro tipos de vírus: Den-1, Den-2, Den-3 e a Den-4.

De acordo com o Instituto Butantan, o imunizante utiliza a técnica de vírus atenuado. Essa técnica consiste em usar o patógeno enfraquecido e que não é capaz de causar a doença. Dessa forma,  a técnica estimula o sistema imunológico do indivíduo a produzir anticorpos e garantir uma imunidade satisfatória em caso de infecção. Com efeito, a tecnologia é a mesma empregada pelo laboratório no desenvolvimento da ButanVac. Essa última vem sendo desenvolvida contra a covid-19.

O enfraquecimento do vírus foi feito pelo Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas dos Estados Unidos (NIAID). Esse órgão estadunidense é um dos parceiros da instituição e tem contribuído para o desenvolvimento da vacina contra a dengue.
Veja o vídeo do Canal Programas Sociais BR sobre este assunto:

Fase final de estudos

Segundo o Butantan, os ensaios clínicos de fase três estão na reta final. Assim sendo, a expectativa é de que os testes sejam concluídos até 2024. Contudo, não há um prazo para que o imunizante esteja disponível para os brasileiros. Isso porque existe um processo, que passa pela comprovação do cumprimento de uma série de normas estipuladas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Alexandre Precioso, diretor do Centro de Segurança Clínica e Gestão de Risco: Farmacovigilância e Farmacoepidemiologia, faz um alerta. Disse que mesmo com a chegada da vacina é preciso que a população siga mantendo as ações de profilaxia contra a doença.

Para evitar a reprodução do mosquito Aedes Aegypti, é preciso eliminar água parada, conforme orienta o Ministério da Saúde. Fazendo isso:

“As pessoas vacinadas vão evitar hospitalizações e mortes e isso vai tornar a dengue controlada no país. Em qualquer situação é importante agir na prevenção. Na saúde pública a prevenção de doenças é feita principalmente a com vacinas“, diz Neuza Maria Frazatti Gallina, Gerente de projetos do Laboratório de Desenvolvimento de Vacinas Virais do Butantan.

O andamento do estudo pode ser acompanhado aqui: www.butantan.gov.br/soros-e-vacinas/vacinas.

Dengue no Brasil

De acordo com o boletim epidemiológico referente ao ano de 2020, em doze meses o Brasil registrou um total de 979.764 casos prováveis de dengue. No mesmo boletim, foi identificado que a região Centro-Oeste foi a que mais apresentou incidência de infecções. Nesses estados, foi apresentando um total de 1.200 casos/100 mil habitantes, números que alertam para a situação da doença em vários estados.

O boletim epidemiológico de 2021 pode ser lido aqui.

Programas Sociais BR Programas Sociais BR Stories
Pesquise Artigos

Leia Estes ...

Bolsas De Iniciação à Docência Serão Distribuídas Pelo Governo

O Governo Federal receberá inscrições para mais de 80 mil bolsas de iniciação à docência. …

Aprenda Mais Oferece Cursos Gratuitos De Idiomas

A plataforma Aprenda Mais, do MEC — Ministério da Educação, atua oferecendo vários cursos gratuitos …

Programa Entrada Moradia é Lançado No Ceará

Ocorre nessa segunda-feira (27/05) o lançamento do programa Entrada Moradia. Trata-se de uma ação habitacional …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *