Próximos Lote Terá Mais 7 Tipos De “Dinheiro Esquecido” No BC

Banco Central do BrasilEm 2022, o BC abriu consulta sobre valores esquecidos por contribuintes a serem devolvidos por instituições financeiras. Inicialmente, trata-se de cerca de 8 bilhões de reais a serem recebidos por aproximadamente 18 milhões de pessoas ou empresas. As consultas foram abertas em 14/02/2022 e os pagamentos serão feitos ao longo do mês de março, conforme data de nascimento.

A consulta, como sabemos, deve ser feita no site www.valoresareceber.bcb.gov.br/. Lá, deve-se inserir o CPF no caso de pessoa física ou o CNPJ, no caso de pessoa jurídica, mais a data de nascimento ou criação da empresa. Caso apareça a mensagem para voltar ao site em alguma outra data e horário, é porque há valor a receber.

Advertisements

Com efeito, o sistema de consulta ao dinheiro esquecido em bancos terá uma nova leva. Nela, haverá mais sete situações diferentes nas quais podem fazer você encontrar um valor inesperado na sua conta bancária. Isso vai acontecer na próxima fase de liberação.

De acordo com o BC (Banco Central), esses novos dados poderão ser consultados nas etapas seguintes do sistema, previstas para maio deste ano.

Advertisements

Quais situações podem ter gerado o “dinheiro esquecido” nos bancos?

Na atual leva de liberação de valores, há cinco situações que são agregadas na plataforma. São elas:

  1. Contas corrente ou poupança encerradas com saldo disponível;
  2. Tarifas cobradas indevidamente, desde que previstas em Termos de Compromisso assinados pelo banco com o BC;
  3. Parcelas ou obrigações relativas a operações de crédito cobradas indevidamente, desde que previstas em Termos de Compromisso assinados pelo banco com o BC;
  4. Cotas de capital e rateio de sobras líquidas de beneficiários de cooperativas de crédito;
  5. Recursos não procurados de grupos de consórcio encerrados;

As novas sete situações que podem originar esses valores, que poderão ser consultados a partir de maio, são:

Advertisements
  1. Tarifas cobradas indevidamente, não previstas em Termos de Compromisso assinados pelo banco com o BC;
  2. Parcelas ou obrigações relativas a operações de crédito cobradas indevidamente, não previstas em Termos de Compromisso assinados pelo banco com o BC;
  3. Contas de pagamento pré-paga e pós-paga encerradas com saldo disponível;
  4. Contas de registro mantidas por sociedades corretoras de títulos e valores mobiliários e por sociedades distribuidoras de títulos e valores mobiliários para registro de operações de clientes encerradas com saldo disponível;
  5. Entidades em liquidação extrajudicial;
  6. FGC (Fundo Garantidor de Créditos);
  7. FGCoop (Fundo Garantidor do Cooperativismo de Crédito).

As situações 6 e 7 acima se referem a uma espécie de seguro caso banco, cooperativa ou outra instituição quebrem. São situações previstas em alguns tipos de investimento.

Advertisements
Programas Sociais BR

Leia Estes ...

Banco Central do Brasil

Brasileiros Têm Bilhões a Receber De Bancos Veja Pelo BC

Há bilhões de reais sob posse de bancos que poderiam estar nos bolsos de brasileiros …