Ministro Diz Que Há 2,5 Mi Irregulares No Bolsa Família

O ministro do Desenvolvimento Social, Wellington Dias, disse na última quinta-feira (09/02) sobre possíveis irregularidades no Bolsa Família. Segundo ele, há indícios de que cerca de 2,5 milhões de cadastros no programa que são irregulares. Essas irregularidades podem ser de diversos tipos. De toda maneira, é possível que até março haja diversos cortes.

Pior que isso, segundo o ministro, há pessoas que não precisariam de receber o Bolsa Família e o recebem. “Temos, infelizmente, pessoas com renda elevada, com nove salários mínimos, recebendo Bolsa Família. E pessoas sem renda, com fome, que não conseguem acessar. É mais que uma atualização de cadastro, é justiça social”, disse Dias. Assim, confirmando o que já explicamos aqui, o ministro confirmou que a atualização dos cadastros deve ser feita até março.

Veja o vídeo sobre o Novo Bolsa Família abaixo e outros Programas Sociais Importantes no Canal Programas Sociais BR:

Advertisements

De acordo com a legislação, para ter acesso ao Bolsa Família é preciso ter renda per capita de até R$ 100,00. Nesse caso, comprovando situação de extrema pobreza. Ou ainda pessoas cuja renda seja de até R$ 200,00, alegando condição de pobreza. Em janeiro deste ano, pouco tempo antes do ministério começar a rever os cadastros, o Bolsa Família atingiu 21,9 milhões de famílias.

Temos um foco de mais ou menos 10 milhões de beneficiários que estão na linha da avaliação dessa revisão do cadastro. Acreditamos que mais ou menos 2,5 milhões destes que recebem têm grandes indícios de irregularidade. É como se tivesse uma bagunça para perder o controle”, completou Dias.

Advertisements

As informações são do portal do EBC: www.agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2023-02/bolsa-familia-ha-indicios-que-25-milhoes-recebem-de-forma-irregular

Quem passará pela reavaliação de cadastro no Bolsa Família?

Segundo o ministro Welington Dias, dentre as mais de 21 milhões de pessoas que recebem o Bolsa Família, cerca de 10 milhões passam pela avaliação. Dessas, há suspeitas de aproximadamente 2,5 milhões com irregularidades.

“Temos um foco de mais ou menos 10 milhões de beneficiários que estão na linha da avaliação, dessa revisão do cadastro. Destes que recebem, 2,5 milhões têm grandes indícios de irregularidade,” disse o ministro.

O que fazer para evitar o corte do Bolsa Família?

Para evitar ter o benefício cortado, a melhor maneira é procurar manter seu CadÚnico (Cadastro Único dos Programas Sociais do Governo Federal) atualizado. A atualização pode ser feita via internet, e também no CRAS (Centro de Referência em Assistência Social) mais próximo.

Os dados do CadÚnico devem ser atualizados sempre a cada dois anos. Além disso, sempre que houver alteração relevante no núcleo familiar, como mudança de renda, nascimentos, mortes etc., será preciso fazer outra atualização.

Advertisements
Programas Sociais BR Programas Sociais BR Stories
Pesquise Artigos

Leia Estes ...

Bolsa Família Novas Regras

Governo Estuda Trabalho Temporário A Quem Tem Bolsa Família

O Governo Federal vem trabalhando para o lançamento de programa para a formalização do trabalho …

novo aplicativo do bolsa família 2023

Caixa Econômica Libera Novo App Do Bolsa Família

A Caixa Econômica Federal liberou nessa semana o novo aplicativo do Bolsa Família. O novo …

Bolsa Família Novas Regras

Como Consultar O Bolsa Família Pela Internet?

Depois da publicação da Medida Provisória 1164, o Bolsa Família, criado em 2003 e extinto …