Cidades De MG Adotam Tarifa Zero No Transporte Público

Um transporte sem cobrança para pessoas se deslocarem nas suas cidades é algo distante para a maioria das pessoas. Mas para várias cidades de Minas Gerais isso é uma realidade. É o caso do município de Caeté, localizado na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Com aproximadamente 40 mil habitantes, a cidade adotou a tarifa zero no transporte público em 2022.

Até maio deste ano, a passagem em Caeté era de R$4,00. Assim, era apenas R$0,50 mais barata que a da capital Belo Horizonte. Isso era avaliado como bastante oneroso para a população local, elevando o custo de vida e em desacordo com a realidade econômica de Caeté. Com a pandemia, ainda houve outro problema, que foi o esvaziamento do transporte público, queda no número de passageiros e de viagens.

Cidade mineira adota tarifa zero no transporte público - CicloVivo
Créditos: CicloVivo

Assim, a tarifa zero foi adotada pela cidade enfrentando, ao mesmo tempo, dois problemas. De um lado, diminuiu bastante o curto de vida da população. De outro, fez com que a população voltasse a usar os ônibus municipais para o transporte.

O impacto vem sendo positivo. Com a tarifa zero, a população de Caeté tem a possibilidade de ir trabalhar sem custos de transporte. Além disso, atividades de lazer e frequentar equipamentos públicos se tornou mais viável para todas as pessoas da cidade.

Mais cidades

Caeté não é a única cidade mineira a adotar a tarifa zero, nem sequer a primeira. Desde fevereiro de 2022, por exemplo, o transporte sem custo de passagens foi adotado pela cidade de Mariana. A tarifa zero foi adotada na cidade depois de projeto de lei aprovado em dezembro de 2021. De acordo com ele, um subsídio municipal é dado à empresa prestadora de serviços de transporte público local. Assim, as viagens sem cobrança de passagem acontecem diariamente, desde que a lei foi sancionada.

Ao longo da última década, alguns municípios de pequeno porte de Minas Gerais também adotaram a tarifa zero. Itatiauçu, também na Região Metropolitana de Belo Horizonte, adota a tarifa zero desde 2015. Monte Carmelo (Triângulo Mineiro), Muzambinho (Sul de Minas) e Abaeté (Centro-Oeste) são outros exemplos de cidades mineiras com tarifa zero.

Novas cidades que adotarão tarifa zero

Algumas outras cidades poderão adotar a tarifa zero em breve. Ibirité, cidade com quase 200 mil habitantes, tem projeto de lei nesse sentido em tramitação. Ouro Branco, na região central e vizinha de Mariana, que adotou o tarifa zero esse ano, também discute se adota a política.

Prefeitura Municipal de Ibirité - TARIFA ZERO: prefeitura de Ibirité  apresenta PL na Câmara de Vereadores, de gratuidade no transporte
Créditos: portal Prefeitura de Ibirité

Desde a onda de protestos de 2013, deflagrada após manifestação contra o aumento de passagens, o assunto da tarifa zero é pauta importante no Brasil. Assim, várias cidades mineiras vem mostrando que essa política pode ser realidade.

Programas Sociais BR
Pesquise Artigos

Leia Estes ...

Como Solicitar Castração Gratuita De Animais Em São Paulo

O município de São Paulo oferece um serviço serviço de castração de animais desde 2001. …

Instituto Cacau Show

Veja As Oportunidades Sociais Do Instituto Cacau Show

Conheça as diversas oportunidades sociais que o Instituto Cacau Show proporciona aos interessados durante o …

Bolsa Família Cadastro e Atualização Em São Paulo

O Programa Bolsa Família já se faz presente auxiliando famílias e combatendo a pobreza desde …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *