Auxílio-Doença Não Precisará Mais De Perícia Médica. Entenda

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) alterou as regras do Auxílio-Doença. Tudo em função da Lei 14.441/2022, que já recebeu sanção presidencial. A lei foi regulamentada pela MP 1113/2022.

Essa lei surgiu de uma proposta visando suprir uma demanda antiga. No caso, de que havia excessiva demora para a liberação dos benefícios previstos em lei para quem é de direito.

A principal mudança da lei é a flexibilização do processo de perícia médica. No caso, a trabalhadora ou o trabalhador não precisam mais de passar pelo exame presencial. Com a a alteração, basta somente que a pessoa solicitante envie ou apresente os laudos médicos. Estes precisam, no caso, provar sua incapacidade.

De acordo com o Governo Federal, o principal objetivo da medida é de promover a redução do tempo de espera. Atualmente, o agendamento no Serviço de Perícia Médica Federal pode se arrastar por meses. Até antes da lei, esse processo demora em média 60 dias.  Com efeito, a fila de espera conta com mais de 738 mil pedidos em análise.

INSS muda regras para perícias médicas; veja como reagendar o atendimento | Economia | iG
Créditos: INSS

As informações oficiais, além do procedimento de fazer a perícia de forma remota, podem ser lidas aqui.

Novas regras para pedir o Auxílio-Doença

Segundo a MP 1.113/2022, haverá a liberação da perícia médica presencial ao pedir auxílio-doença. Dessa forma, o trabalhador ou trabalhadora deverá encaminhar atestados e laudos ao INSS. Esses laudos devem ser legíveis e sem rasuras, com as seguintes informações: 

  • Nome completo do ou da requerente; 
  • Data da emissão do documento (que não poderá ser superior a 30 dias da data de entrada do requerimento); 
  • Informações sobre a doença ou CID;  
  • Assinatura e carimbo do(a) profissional com o registro do conselho de classe; 
  • Data de início e prazo do afastamento.

Se a trabalhadora ou trabalhador já tiver feito o agendamento da perícia médica presencial, poderá, se quiser, optar pela realização da análise à distância. Contudo, isso pode ser feito somente se a data de emissão do laudo ou atestado não for superior a 30 dias da solicitação.

Possíveis problemas?

Apesar de intencionado a diminuir as filas e isso ser, a rigor, positivo para a população, a alteração não está isenta de problemas. Um dos possíveis efeitos negativos da alteração é um possível aumento no número de fraudes.

Por exemplo, a Associação Nacional dos Médicos Peritos (ANMP) divulgou uma nota criticando essa modificação. De acordo com a entidade, a dispensa do processo de perícia médica presencial é irregular. Além disso, tem a possibilidade de causar grande fragilidade ao sistema previdenciário brasileiro.

Há vários debates entre especialistas e entidades a respeito da mudança. Seus benefícios e possíveis problemas ainda serão observados.

Programas Sociais BR Programas Sociais BR Stories
Pesquise Artigos

Leia Estes ...

Bolsa Atleta Potiguar RN

Bolsa Atleta Potiguar Abre Inscrições No Rio Grande Do Norte

O programa Bolsa Atleta Potiguar passou a receber inscrições em sua primeira edição, em 2024. …

SESI SP Inscrições Abertas

SESI-SP Oferece Curso Gratuito De Programação e Robótica

Crianças e adolescentes com idades entre 8 e 15 anos podem se inscrever em cursos …

Curso De Eletricista Na Equatorial Energia MA PI PA GO RS

Equatorial Abre Inscrições Para Escola De Eletricistas 2024

O Grupo Equatorial Energia abriu inscrições para a edição 2024 do Programa Escola de Eletricistas …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *