Auxílio Brasil Deverá Incluir Mais Pessoas No Mês De Junho e Julho

Auxílio Brasil Novo Bolsa FamíliaA atual rodada no Auxílio Brasil está chegando ao fim para aproximadamente 18,1 milhões de brasileiros e brasileiras. São pessoas em situação de vulnerabilidade que devem parar de receber o benefício por algum motivo. Por outro lado, milhões de pessoas vivem a expectativa oposta, ou seja, de serem incluídas na folha de pagamento do programa. Entenda.

Isso porque de acordo com o Ministério da Cidadania, novas famílias devem receber o benefício a partir de junho e julho. Segundo dados do Confederação Nacional dos Municípios (CNM), essa situação cobre cerca de 1,3 milhão de pessoas. Todas elas se enquadram nas regras ainda não foram aprovadas na iniciativa.

Ao menos uma parte desse grupo pode ter acesso aos repasses já no próximo mês. Isso pode acontecer já que o plano do governo é continuar incluindo mais beneficiários e beneficiárias todos os meses. Em maio, cerca de 65 mil pessoas começaram a receber o Auxílio Brasil.

Cabe ressaltar que o ritmo de admissões não é o suficiente para zerar a fila de espera de uma só vez. Hoje ainda há milhões de pessoas aptas a receberem o benefício, mas não o recebem. Desde que houve a introdução do novo auxílio, com o fim do Auxílio Emergencial, milhões de pessoas ficaram sem qualquer renda mensal.

Veja o vídeo sobre o Auxílio Brasil no Canal Programas Sociais BR:

Quem pode receber o Auxílio Brasil?

Como dito acima, há muitas pessoas aptas a receberem o auxílio mensal do governo, mas ainda aguardam na fila. O programa atende famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Além disso, precisam estar renda dentro das faixas permitidas:

  • Situação de extrema pobreza: renda de até R$ 105 per capita.
  • Situação de pobreza: renda de até R$ 210 per capita, desde que composta por ao menos uma gestante, nutriz ou menor de 21 anos em sua composição.

Fila de espera

O Auxílio Brasil criou uma lista de espera de mais de 1,3 milhão de pessoas no mês de março. De acordo com estudo do CNM publicado pelo jornal O Estado de S.Paulo, essa lista vem aumentando mês a mês. Em janeiro de 2022, o Ministério da Cidadania chegou a dizer que a fila estava zerada. Contudo, já em fevereiro, esse número havia subido para mais de 1 milhão.

A fila do Auxílio Brasil é formada por pessoas que deram entrada para receber o benefício, mas ainda não foram aprovadas no chamado CadÚnico. É possível que esses números sejam ainda maiores. Isso por haver subnotificação.

De acordo com o estudo do CNM, oito mil das famílias que aguardem estão em situação de rua. Elas deveriam ser prioridade no cadastro. Além disso, 233 mil famílias possuem filhos de até quatro anos.

Programas Sociais BR
Pesquise Artigos

Leia Estes ...

Aluguel Social Para Idosos Tem Inscrições No Mato Groso Do Sul

O Programa Locação Social – Parque Público está com as inscrições abertas para aluguel social …

Programa IPVA Em Dia Oferece Parcelamentos No Rio De Janeiro

O programa IPVA em Dia surgiu como uma ótima opção para proprietários e proprietárias de …

Arquiteto Gratuito Pelas Prefeituras

Serviços De Arquitetura Gratuito Pelas Prefeituras

Ao cidadão Brasileiro um lembrete: Serviços de Arquitetura Gratuito que as Prefeitura de todo o …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *