Programa ‘Padrinho Legal’ Abre Inscrições Em Jundiaí SP

O programa “Padrinho Legal” está com inscrições abertas, na cidade de Jundiaí (SP). Trata-se para o apadrinhamento afetivo e financeiro de adolescentes. Ele visa mediar o acolhimento institucional sob medida protetiva na cidade. As inscrições podem ser feitas até o dia 16 de maio. Elas devem ser feitas de forma online e gratuita.

Por meio do Apadrinhamento Afetivo, o programa tem a proposta de viabilizar a convivência familiar e comunitária. Da mesma maneira, a ação promove a criação de vínculos com o acolhido. As atividades se darão por meio de visitas, passeios, viagens e estadias com a família aos fins de semana e dias de festa. Para essa modalidade, o tempo mínimo sugerido de adesão é de um ano.

Por sua vez, pelo Apadrinhamento Financeiro, não há tempo mínimo de adesão sugerido. Nessa modalidade, poderá haver pagamentos de cursos, tratamentos e terapias médicas, odontológicas e psicológicas. Poderão ser ajudas pontuais ou de maiores durações. Depois de formalizado, o pagamento é feito diretamente ao profissional envolvido na prestação do serviço.

Cabe ressaltar que as pessoas que quiserem participar não precisam ser necessariamente residentes em Jundiaí(SP). Contudo, é exigido que tenham mais de 18 anos de idade. Além disso, não podem possuir antecedentes criminais.

Inscrições abertas

Como dito acima, as inscrições serão online e gratuitas, e estarão abertas até 16 de maio. Elas devem ser feitas neste link Do Programa..

Basta preencher as informações solicitadas e, em seguida, escolher a modalidade de apadrinhamento. Depois disso, basta enviar o formulário e aguardar.

Para os inscritos no programa, será realizada uma formação presencial no dia 21 de maio, das 8h30 às 17h, no Fundo Social de Solidariedade (Funss). Ele fica na Avenida Manoela Lacerda de Vergueiro, Portão 3, anexo ao Parque da Uva.

Importância do programa

O juiz da Vara da Infância e Juventude da Comarca de Jundiaí, dr. Jefferson Barbin Torelli, reforça a importância do programa. “O apadrinhamento afetivo é muito importante para garantir o direito à convivência familiar e comunitária dos pré-adolescentes e adolescentes acolhidos com poucas chances de voltar para a família e remota possibilidade de adoção. O apadrinhamento financeiro, por sua vez, possibilita o acesso a terapias, tratamentos e cursos ainda indisponíveis na rede pública. Por isso, o engajamento da sociedade é primordial para garantia da proteção integral de todas as crianças e adolescentes”, disse.

Mais informações podem ser obtidas no site da prefeitura de Jundiaí: www.jundiai.sp.gov.br/noticias . Atualmente, são atendidas 55 pessoas pelo programa de instituições da cidade.

Programas Sociais BR Programas Sociais BR Stories
Pesquise Artigos

Leia Estes ...

Enem 2024

ENEM Isenção e Inscrições 2024 e o Que Estudar Para a Prova

Saiba como ter uma ajuda nos estudos para o ENEM 2024 e agora é a hora …

Vagas Abertas Na Rede De Lojas Magazine Luiza Pelo Brasil

Magazine Luiza Abre Vagas De Emprego Em Todo O Brasil

O Magazine Luiza, uma das maiores empresas do mercado brasileiro, acaba de abrir um novo …

CadÚnico Pelo WhatsApp

Cidades Criam Canal de Atendimento CadÚnico Pelo WhatsApp

Algumas cidades têm disponibilizado o cadastramento e atualização do CadÚnico por meio do WhatsApp, a …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *