Milhões De Pessoas Podem Perder o Auxílio Brasil, Veja, Entenda

Auxílio Brasil Novo Bolsa FamíliaApesar dos incrementos feitos no Auxílio Brasil, além da MP que o torna permanente, cerca de oito milhões de beneficiários e beneficiárias podem perder o acesso ao benefício. Mas o risco não se restringe ao substituto do Bolsa Família. Outros programas sociais, como a Tarifa Social e o Benefício de Prestação Continuada (BPC), poderão ser cortados a um grande número de pessoas beneficiadas.

O grande motivo para esses possíveis cortes é a falta de atualização de dados. Muitas pessoas estão com pendências nesse sentido. O governo federal identificou que essas cerca de oito milhões de famílias atualizaram as informações do Cadastro Único (CadÚnico) pela última vez em 2016 ou 2017. A orientação, cabe lembrar, é de que o cadastro seja atualizado de dois em dois anos ou quando houver importante alteração no perfil da família.

O CadÚnico é o sistema do Governo Federal que reúne as informações da população de baixa renda. Por meio dos seus dados, é administrado o acesso a programas e benefícios sociais de transferência de renda. Suas informações servem tanto para programas federais, quanto para benefícios municipais e estaduais.

Sem a atualização, a família perde o acesso aos programas nos quais foram inseridas. Cabe ressaltar, contudo, é importante ressaltar que existem vários modelos de atualização dos dados cadastrais.

Veja o vídeo sobre o Auxílio Brasil no Canal Programas Sociais BR:

Como fazer a atualização?

A atualização cadastral para manutenção do Auxílio Brasil e outros benefícios pode ser feita presencialmente. Assim, basta ir diretamente na unidade do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) no qual a inscrição inicial do CadÚnico foi feita. Será preciso fazer confirmação de dados e enviar a documentação solicitada.

Além disso, a atualização do CadÚnico pode ser feita via internet ou por aplicativo: www.caixa.gov.br/caixatem/Paginas/default.aspx. Aqui, neste site, explicamos como esse procedimento poderá ser feito.

Prazo para fazer a atualização

Para quem tiver pendências na atualização cadastral, o prazo final para se regularizar vai até o final do mês de julho. Além disso, existe o grupo de pessoas inclusas na chamada “revisão cadastral”. São pessoas cujos grupos familiares estão com dados desatualizados ou inconsistentes.  Para essas pessoas, o prazo para se manter em dia no banco de dados de baixa renda termina em dezembro de 2022.

Por fim, cabe ressaltar que depois de feito o cadastro cada pessoa dentro do núcleo familiar terá um Número de Identificação Social (NIS). Com ele, será possível acessar benefícios, como isenção de taxa de concursos públicos. Além disso, será por esse número que poderá acompanhar o calendário de pagamentos como o do Auxílio Brasil.

Programas Sociais BR Programas Sociais BR Stories
Pesquise Artigos

Leia Estes ...

Cursos Abertos Gratuitos Rio On

Plataforma Rio On Tem Inscrições Para Cursos Gratuitos

A Plataforma Rio On está com inscrições abertas para mais de 1.200 vagas em cursos …

Bolsas De Estudos Para Professores Pelo Governo Federal

Bolsas De Iniciação à Docência Serão Distribuídas Pelo Governo

O Governo Federal receberá inscrições para mais de 80 mil bolsas de iniciação à docência. …

Aprenda Mais Plataforma De Cursos Do MEC

Aprenda Mais Oferece Cursos Gratuitos De Idiomas

A plataforma Aprenda Mais, do MEC — Ministério da Educação, atua oferecendo vários cursos gratuitos …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *