Conheça O Programa ‘Corra Pro Abraço’ Do Governo Da Bahia

O  programa Corra pro Abraço é uma iniciativa de sucesso do Governo Estadual da Bahia.  É um programa da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (Seades), através da Superintendência de Políticas sobre Drogas e Acolhimento a Grupos Vulneráveis (Suprad).

O Corra pro Abraço tem como objetivo promover cidadania e garantir direitos de pessoas que fazem uso abusivo de drogas e vivem em contextos de vulnerabilidade. Também acolhe pessoas nessa situação que são afetadas por problemas relacionados a criminalização das drogas.

As iniciativas do programa visam aproximar essas pessoas de redes já existentes de serviços públicos, sobretudo de saúde e assistência social. Com efeito, a ideia é acolher pessoas afastadas de seus direitos seja por estigma, seja por desigualdades sociais.

O Corra pro Abraço existe desde 2013. Atua por meio de várias ações, que vão desde o oferecimento de oficinas de arte e cultura, cursos profissionalizantes, até mediação para que pessoas afetadas pelo uso abusivo de drogas sejam acolhidas em políticas públicas.

Mais informações sobre o programa podem ser encontradas no seu site oficial, no endereço: www.corraproabraco.ba.gov.br.
Apresentação do Corra pro Abraço ao Governo Federal
Na última semana, representantes do programa participaram, em Brasília, de diversas reuniões com autoridades ligadas ao Governo Federal. A ideia é apresentar os resultados e objetivos do programa de maneira se rediscutir políticas públicas sobre uso de drogas no país.

A iniciativa se deu a partir da necessidade da discussão de políticas sobre drogas. A ideia é agir buscando a redução de danos e trocas de experiências neste campo.

O Corra pro Abraço é referência nacional em redução de danos. Assim, segue na contramão de políticas meramente proibicionistas que ainda predominam no Brasil, ao contrário das tendências internacionais. O Corra pro Abraço faz atendimentos e acompanhamentos aos públicos em situação de rua e/ou em vulnerabilidade.

Na reunião com representantes do Governo Federal, foi falado sobre importância do Conselho Nacional de Políticas sobre drogas (CONAD).  Além disso, outro tema foi a necessidade de participação social nas estratégias de implementação de políticas públicas. Nesse caso, o foco principal foi em pessoas em situações de vulnerabilidade social.

“Apresentamos o nosso programa, o Corra por Abraço, no sentido de fazer o Governo Federal ter conhecimento da ação, estabelecer um diálogo sobre possíveis parcerias, fortalecê-lo e fazer com que sirva de inspiração para a política de redução de danos em âmbito nacional”, comentou o superintendente de Políticas Sobre Drogas e Acolhimento a Grupos Vulneráveis, Gabriel Oliveira.
Reuniões
A apresentação do programa Corra pro Abraço foi apenas um tema das reuniões. Foram debatidas políticas noutros campos que dialogam com a necessidade de ações de redução de danos. Foram abordadas, por exemplo, temáticas como cuidado em liberdade e redução de danos. Além disso, foi discutida a questão do desencarceramento e da redução de homicídios da população negra.

Coerente ao debate sobre redução de danos e desencarceramento, o combate ao racismo estrutural também foi parte das reuniões. Os custos da guerra às drogas, a questão das mulheres e as política de drogas, dentre outros, também foram abordados.

Programas Sociais BR Programas Sociais BR Stories
Pesquise Artigos

Leia Estes ...

Vagas Abertas Na Rede De Lojas Magazine Luiza Pelo Brasil

Magazine Luiza Abre Vagas De Emprego Em Todo O Brasil

O Magazine Luiza, uma das maiores empresas do mercado brasileiro, acaba de abrir um novo …

CadÚnico Pelo WhatsApp

Cidades Criam Canal de Atendimento CadÚnico Pelo WhatsApp

Algumas cidades têm disponibilizado o cadastramento e atualização do CadÚnico por meio do WhatsApp, a …

Cursos Gratuitos Da Nestlé Gastronomia

Nestlé Oferece Curso Gratuito De Gastronomia

A Nestlé está com inscrições abertas para Curso Gratuito De Gastronomia. Trata-se de uma formação …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *